18/09/2019 às 07:26, Atualizado em 18/09/2019 às 07:29

Anaurilândia - Palestra alerta jovens sobre prevenção do suicídio

Cb image default
Divulgação

Uma palestra realizada junto aos alunos estagiários que fazem parte da Administração Pública do município de Anaurilândia serviu para alertá-los sobre a importância da prevenção do suicídio, mal que afeta milhares de pessoas em todo o mundo.

Ministrada pela psicóloga Juliana Rocha Rodrigues Zirondi, a palestra faz parte do Setembro Amarelo que é uma campanha brasileira de prevenção ao suicídio, iniciada em 2015 e idealizada pelo Centro de Valorização da Vida (CVV).

Cerca de 100 jovens participaram do debate onde foram discutidos temas como causas e consequências, entre outros aspectos relacionados ao assunto. Juliana, que também atende no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), falou por cerca de uma hora sobre o tema e chamou atenção para importância sobre a discussão.

O suicídio é tratado como um problema de saúde pública e, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a cada 40 segundos, uma pessoa comete suicídio no mundo, sendo esta a segunda principal causa de morte entre indivíduos com faixa etária de 15 a 29 anos.

Além disso, um estudo realizado em 2002, por José Manoel Bertolote, pesquisador na área, afirma que 96,8% dos casos estão relacionados a transtornos mentais tratados indevidamente ou não tratados de forma alguma.

De acordo com Kelven Lucas Barbaresco Siqueira, coordenador do programa de estágio no município de Anaurilândia, o tema é de suma importância, pois segundo ele, a faixa etária dos integrantes do programa é uma das mais atingidas no mundo todo pela questão em pauta.

“Precisamos ouvir profissionais da área, debater e discutir sobre depressão e suicídio sem barreiras para que possamos desmistificar a questão”, explicou.

O coordenador disse reuniões e rodas de conversas são realizadas com frequência envolvendo os integrantes do programa de estágio do Poder Público Municipal.